The Spiderwick Chronicles – XBOX 360 ISO

Plataforma: XBOX 360
Titulo:
The Spiderwick Chronicles
Formato: ISO
Console Region: Região Free
Firmware: 1.51 or Higher
Idioma: Inglês
Tamanho: 7.6GB
Lançamento: 05 de fevereiro de 2008
Avaliação: 6.7
Gênero: Aventura
Distribuidor: Sierra Entertainment
Hospedado: Megaupload.com

Assim como aconteceu com as adaptações de “A Bússola de Ouro” e “As Crônicas de Nárnia”, “As Crônicas de Spiderwick”, filme produzido pela Nickelodeon, foi baseado em uma série de livros infanto-juvenis de fantasia, realizada na tentativa de aproveitar o sucesso dos filmes de “Harry Potter”. Ao contrário dos dois primeiros, porém, “Spiderwick” agradou de maneira uniforme os críticos, não só os de cinema mas também os de jogos, uma vez que este parece ser um raro caso de um produto licenciado feito com maior cuidado, mesmo com a obrigação de chegar às lojas na mesma época da estréia do filme.

Resolvendo enigmas

Depois do divórcio dos pais, os irmãos Jared, Simon e Grace mudam-se com sua mãe para a antiga mansão Spiderwick, que fora de seu tio-avô, Artur Spiderwick. Certa noite, Jared descobre ali um antigo livro, chamado “Guia de Campo”, que contém uma série de segredos e informações catalogadas sobre fadas, goblins, gnomos e duendes que vivem em torno da região, em uma dimensão paralela. O guia é cobiçado por Mulgarath, líder dessas criaturas, que resolve ir atrás dos jovens.

O jogo coloca à disposição as três crianças, que têm ataques diferentes – ainda que muitas vezes a ação se resuma a um simples apertar de botão repetidas vezes, mesmo depois de conseguir bônus para habilitar combos. Esses bônus são acionados ao capturar fadas, em uma espécie de minigame de colorir uma imagem desses seres. A mecânica envolve, além destes combates contra criaturas mágicas, a resolução de quebra-cabeças e missões com o brownie Tibério, guardião do trio, que consegue se enfiar em lugares mais apertados da casa.

Os enigmas, feitos claramente com um público jovem em mente, são interessantes e funcionam de uma maneira desafiadora, uma vez que não há um sistema de inventário, ou seja, você não pode guardar tudo o que encontra pelo caminho para usar quando for necessário. O jogo lhe dá os objetivos e te obriga a lembrar onde cada objeto está no cenário, além do que ele pode fazer, forçando-o a correr para um lado e para o outro a cada desafio proposto. A princípio pode parecer um esquema chato, mas acaba funcionando bem, até mesmo pela curta duração do jogo.

Utilizando o filme

Como um produto promocional, o jogo faz questão de usar cenas do próprio filme durante a história, mesmo que muitas vezes elas não façam muito sentido no contexto. Algumas vozes também parecem estar lá apenas para lembrar que se trata de um título baseado em uma grande produção. Disto tudo, o que realmente contribui para o clima de imersão é a música, com trechos de James Horner, vencedor do Oscar por “Titanic”, e compositor da trilha original do filme.

Os gráficos, em uma primeira impressão, cumprem bem seu papel, recriando com certa fidelidade os ambientes do longa, com uma boa riqueza de detalhes, mesmo em ambientes muito escuros. O problema é que muitas vezes os cenários parecem frios e sem vida, e sempre que surge algum efeito especial ou acontecimento para animar as coisas, há problemas técnicos como queda na taxa de quadros de animação ou problemas de colisão, deixando o resultado da apresentação apenas na média.

Fonte: jogosuol

Esse post foi publicado em Xbox360. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s